Quais as vantagens dos teclados mecânicos para os gamers? (Parte 1)

Como vimos em um artigo anterior, teclados mecânicos não são algo propriamente novo. Na verdade, vieram antes dos teclados de “membrana”, substituídos por uma questão de custo, já que estes são mais baratos. É um caso semelhante aos carros elétricos, posteriormente deixados de lado pelos motores à combustão, que agora estão se tornando mais comuns em modelos premium.

Exploramos as diferenças técnicas entre um e outro, mostrando alguns dos switches mais comuns, já que não existe um modelo único de teclados mecânicos. Em especial, conhecemos a implementação da Darfon, inspirado nos trens MagLev. Mas, afinal, como essas diferenças técnicas se traduzem em uma melhor experiência na hora de jogar? Quais são os diferenciais reais para um gamer? Vamos ver alguns deles neste artigo.

Precisão e velocidade de teclados mecânicos

Em primeiro lugar, temos a precisão do clique. Games que exigem combinações complexas de teclas são particularmente beneficiados, já que as teclas oferecem um feedback preciso, ponto de vantagem em relação aos teclados de membrana. O gamer avançado não precisa se preocupar se a tecla foi realmente apertada ou não: o feedback inerente das teclas mecânicas não deixa margem para dúvidas, não apenas pela sensação tátil como também pelo som produzido por elas.

teclados mecânicos

A precisão superior se deve à própria tecnologia dos teclados mecânicos. O gap total é de 2,5 mm, mas um clique de de apenas 1,3 mm já causa o efeito desejado, oferecendo o feedback correspondente.

Temos também outra característica importante para o gamer hardcore: modelos de teclados mecânicos são mais apropriados para funcionar sob condições extremas. Não importa a velocidade de clique, ou quantas teclas são pressionados ao mesmo tempo, em especial quando consideramos a possibilidade de ocorrer um ghosting. Ele acontece quando várias teclas são pressionadas simultaneamente, não lendo corretamente o comando desejado. Teclados mecânicos, via de regra, são projetados para evitar esse problema (anti-ghosting), o que pode ser a diferenças entre um shot e um kill.

O melhor dos dois mundos

Como explicamos na primeira parte, os modelos da Darfon unem a tecnologia e precisão dos teclados mecânicos convencionais com o baixo perfil e portabilidade dos teclados de membrana. Antes um “privilégio” restrito aos desktops, passou a fazer parte dos gamers que preferem notebooks, já que estes continuam a trazer um baixo perfil, mas contando com a superioridade tecnológica dos principais switches do mercado.

teclados mecânicos

O grande diferencial dos teclados da Darfon é implementar o mecanismo em uma região tão pequena, se comparado a um teclado mecânico convencional de desktop.

Conforme a tecnologia avança, o usuário ganha não apenas desempenho bruto, mas também uma experiência melhor na hora de jogar. Basta considerar que a série 10 de placas de vídeo da NVIDIA não distingue mais entre uma GPU de desktop e outra de notebook. Em outras palavras, não há uma família separada com menos desempenho para estes (com final “M” ao lado do modelo). Na mesma linha, a Darfon fez o mesmo com o mesmo com os teclados.

teclados mecânicos

A combinação de componentes internos mais eficientes, como a série 10 de placas de vídeo da NVIDIA, com periféricos mais modernos (entre outras inovações) permite a construção de notebooks de altíssimo desempenho sem comprometer o design. Este é o caso do FULLRANGE G1746 MX acima.

Estes são somente alguns dos benefícios dos teclados mecânicos para os gamers, e conheceremos mais alguns deles na próxima parte deste artigo.

Fontes: Mechanical-Keyboard.org, Das KeyboardMicrosoft Applied Sciences Group