Polígonos para videogames: descubra a arquitetura por trás de jogos 3d

Você sabe por que alguns jogos são tão pesados e outros não? Existem algumas razões para isso, mas a principal é a quantidade dos polígonos para videogames que são utilizados em sua criação.

Descubra neste post a principal função dos polígonos na arquitetura dos videogames e quais são os componentes que seu aparelho precisa ter para rodar jogos 3d que os utilizam.

O que são polígonos para videogames?

Se você não sabe muito sobre o assunto, entenda que polígonos são figuras planas, formadas pelo mesmo número de ângulos e lados e sua função nos games é contribuir como principal ferramenta na hora de criar gráficos detalhados para jogos 3d. Ou seja, é a utilização de polígonos que torna possível criar jogos com gráficos incríveis como Far Cry Primal ou Dark Souls III, mas sua contribuição na indústria dos jogos vai muito além disso.

Você sabia que os polígonos tiveram um papel muito importante em toda a evolução dos jogos 3d?

Quando os videogames surgiram, os jogos eram simples e tinham foco na diversão, e não em histórias elaboradas e gráficos realistas. A parte visual dos títulos sofriam com limitações causadas pelas configurações de hardware disponíveis na época.

Com o tempo a indústria dos games passou a explorar e desenvolver a parte gráfica com novas tecnologias, permitindo que jogos mais detalhados surgissem. Foi nesse momento que jogos – que até então eram desenvolvidos em pixels – passaram a ser desenvolvidos com a utilização polígonos e a oferecer uma experiência mais rica para os jogadores.

Por que alguns jogos são mais pesados que outros?

Utilizar uma grande quantidade de polígonos na arquitetura dos videogames não é a única razão para tornar um jogo pesado. Existem situações na própria programação que contribuem para isso, porém utilizar muitos polígonos na programação contribui para tornar um game mais leve ou mais pesado.

Veja que:

Quanto mais riqueza de detalhes um jogo apresentar em seu gráfico, mais polígonos ele precisará utilizar em sua configuração. Ao mesmo tempo, para tornar esses detalhes possíveis, mais pesado o jogo será.

Se você gosta de games com gráficos elaborados, precisará contar com um notebook ou computador qualificado para rodar esses jogos sem travar. Entenda um pouco mais sobre isso no próximo tópico.

Componentes necessários para rodar jogos 3D que utilizam polígonos

Se você tem dúvidas sobre quais são os componentes necessários para rodar jogos pesados, você está no lugar certo! Games elaborados tendem a precisar de componentes potentes. Por isso, algumas pessoas afirmam que notebooks não foram feitos para jogos pesados. Acontece que essa afirmação não está correta – não inteiramente pelo menos.

Quando se trata de um notebook comum, desses que costumam servir para propósitos de trabalho ou estudo, essa afirmação está correta. Isso porque esses aparelhos foram desenvolvidos para propósitos simples, que não exigem tanto de seus componentes internos.

Não é que nenhum notebook desses simples possa rodar jogos, pois existem games simples e leves que podem ser usufruídos tranquilamente utilizando esse tipo de equipamento. O que acontece é que, quando se trata de jogos pesados esses aparelhos não possuem os componentes necessários para suportá-los.

Para quem gosta de games mais pesados, na hora de escolher uma máquina deverá se atentar algumas características essenciais para garantir uma boa usabilidade do aparelho. O aparelho deverá contar com mais do que um teclado mecânico por exemplo, mas também com um processador potente, uma boa placa de vídeo e memória RAM suficiente.

Entenda que no processador é onde os cálculos para cada parte do jogo são realizados, desde algum efeito sonoro por menor que seja até os efeitos visuais que aparecem na tela, bem como as características e toda a parte técnica dessas ações, que estão sob responsabilidade da placa de vídeo. Quando um processador não tem potência suficiente para rodar esses games, além de travar e prejudicar sua jogabilidade, ele pode superaquecer e até chegar a queimar.

Seja para desktop ou para notebooks, o importante é contar com aparelhos com processador e placa de vídeo adequados às necessidades do jogador além de uma boa memória RAM.

Gostou do conteúdo? Que tal deixar seu comentário e contribuir para melhorar ainda mais esse tema?