PC vs Console: Entenda a Diferença entre eles

[LoginRadius_Share]

Discussões acaloradas em relação à disputa entre PC vs Console, seja ele um Xbox ou um Playstation, são bastante comuns. De fato, cada um deles tem seus diferenciais, com suas vantagens e desvantagens. Jogos exclusivos é um dos grandes pontos, por exemplo. Mas, sob o ponto de vista do hardware e do software, quais são as diferenças essenciais entre um e outro? Vamos entender nas próximas linhas.

Um pouco de história das plataformas de jogos

Vamos voltar um pouco no tempo, antes do anúncio oficial do Xbox One e do Playstation 4. O Xbox 360 e o PS3 eram concorrentes diretos, trazendo as seguintes especificações:

Xbox 360:

pc vs console xbox 360

  • Processador IBM PowerPC Triple-Core 3.2 GHz;
  • Placa de vídeo ATI Xenos 500 MHz com 10 MB de memória RAM;
  • 512 MB de memória RAM GDDR3 700 MHz;
  • 250 GB de disco rígido (podendo ser mais ou menos dependendo da versão);

Playstation 3:

pc vs console ps3

  • Processador Cell PowerPC Octo-Core 3.2 GHz onde 1 núcleo é reservado para o sistema operacional, 1 é desabilitado e os outros 6 são efetivamente utilizados para rodar os jogos;
  • Placa de vídeo Nvidia “Reality Synthesizer” 550 MHz com 256 MB de memória RAM GDDR3; 256 MB de memória XDR;
  • 80 GB de disco rígido (pode ser mais ou menos dependendo da versão);

Tanto PS3 como o Xbox 360 contavam com sistemas operacionais próprios e tinham especificações mais ou menos interessantes para a época. Afinal, foram anunciados em 2005, “sobrevivendo” até 2013, quando foram substituídos por seus irmãos mais potentes. Como podemos ver, eles contam com a organização comum de um PC convencional: CPU, placa de vídeo, memória RAM e armazenamento.

Isso significa que ele eram “PCs”, como os conhecemos? Não. A diferença está no software, projetado única e exclusivamente para cada um deles. Não eram sistemas de propósito geral como o que temos em computadores. Em um PC, seja ele gamer ou não, você pode rodar jogos, editar vídeos e textos, escutar músicas ou mesmo navegar na internet, e o sistema operacional (Windows, Mac ou Linux) é capaz de fazer qualquer uma dessas tarefas.

Porém, um detalhe importante: ambos usavam a arquitetura PowerPC, e não a x86 dos PCs ou ARM dos chips de smartphones. Isso significa que não era possível portar um game para o PC. Ou mesmo entre um video-game e outro, pois usam placas de vídeo diferentes. O Xbox 360 usava ATI (comprada pela AMD), enquanto o Playstation 3 utilizava NVIDIA. Para fabricantes de jogos, era custoso fabricar games para as três plataformas.

Playstation 4 e Xbox One entram em cena

pc vs console ps4 vs xboxone

Em 2013, Sony e Microsoft anunciaram seus novos consoles. A arquitetura mudou, já que ambos utilizam soluções customizadas de APUs da AMD. Os dois são octa-cores (1,75 GHz no Xbox One, 1,6 GHz no PS4), trazem GPUs da AMD, 500 GB de armazenamento e 8 GB de memória RAM compartilhada entre CPU e GPU (GDDR3 no primeiro, GDDR5 no segundo). Exatamente a mesma arquitetura dos computadores atuais (x86), o que facilita, e muito, a portabilidade de jogos.

Mas calma: como os consoles conseguem renderizar jogos em uma qualidade maior do que uma configuração similar no PC? É aqui que temos o pulo do gato. Digamos que você abra o Steam, seleciona seu game preferido e comece a jogar. Será que isso faz com que o sistema entre em um “modo jogo especial” e dedique todos os seus recursos a ele? Não: mensagens do Skype continuam chegando, seus downloads não são pausados, o Windows continua a baixar e instalar atualizações (você querendo ou não, no caso do Windows 10), assim como qualquer tarefa em plano de fundo. Não é o que acontece com os consoles, que dedicam o máximo de seus recursos a rodar os jogos.

Mais do que isso: só há uma configuração tanto para o Xbox One quanto para o Playstation 4 (assim como nas gerações anteriores). Isso facilita o trabalho dos desenvolvedores em projetar seus jogos. Afinal, ele rodará somente em uma configuração específica. Criar jogos para computadores é um pouco diferente. Afinal, ele deve ser suportado tanto por configurações básicas mais antigas até monstruosidades mais recentes. E é exatamente por isso que ele vem com diversas configurações internas, como filtros, resoluções, efeitos e afins. No caso dos consoles, não. Basta criar uma única versão do jogo e otimizá-la o máximo quanto possível ara a plataforma.

PC vs console

pc vs console jogos

Isso não significa que os consoles sempre saem ganhando. Mesmo sendo otimizados ao máximo e contando somente com uma configuração, sacrifícios devem ser feitos. Basta comparar a qualidade de um game em sua versão para console e o mesmo jogo rodando em PCs e notebooks de alto desempenho. Em alguns casos, a diferença chega ser impressionante, em especial em máquinas que trazem uma poderosa GPU como a GTX 1080.

Ou seja, os consoles se destacam por facilitar a vida dos desenvolvedores e por contarem com otimizações. Os PCs devem continuar rodando as tarefas secundárias, mas compensam essa necessidade com configurações consideravelmente mais poderosas. Mais do que isso, o clico de atualização de hardware dos computadores é menor do que o dos consoles. Ou seja, especificações cada vez mais poderosas são anunciadas em um intervalo de tempo menor.

pc vs console fullrange-g1843-iron

É difícil ver o FULLRANGE G1843 IRON preocupado com os consoles.

Fabricantes de jogos contam com isso, naturalmente, e exatamente por isso deixam seus jogos cada vez mais bonitos e detalhistas. Basta considerar que máquinas mais avançadas trazem 16 GB, 32 GB ou mesmo 64 GB de memória RAM, 8 GB ou até 12 GB de memória dedicada somente para os gráficos, clocks maiores, SSDs, enfim, especificações que os consoles não têm como concorrer.

Isso significa que os computadores são melhores do que os consoles? Na verdade, não. Cada um deles tem as suas particularidades, ainda que os computadores tenham mais a oferecer quando pensamos estritamente em desempenho. Além de, claro, serem mais versáteis, já que sua configuração não fica restrita somente aos jogos.

Conte para nós: prefere jogar no PC ou no console? No primeiro caso, qual a sua configuração, ou modelo? No segundo, qual é o seu console preferido? Conte para nós nos comentários!

(Este conteúdo foi visitado 1.830 vez(es) | 1 visita(s) hoje)

[LoginRadius_Share]