Como escolher notebooks ideais para Programadores?

Notebooks ideais para programadores devem ter algumas características que geralmente não prestamos atenção em modelos “comuns”. Diferentemente do que acontece com modelos do dia a dia, programadores costumam ficar horas seguidas usando o computador, o que significa que alguns detalhes extras são essenciais. Vamos conhecer algumas características que, além da configuração em si, vão ajudar desenvolvedores a trabalhar confortavelmente.

| Teclado e construção pensados na ergonomia

De forma geral, desenvolvedores necessitam de um teclado pensado para longas horas de trabalho. Teclados mais “duros” ou mesmo muito pequenos impactam na ergonomia, causando desconforto à longo prazo. É importante priorizar um modelo que ofereça um teclado mais confortável, não causando lesões com o passar do tempo. Preferencialmente, com teclas iluminadas, já que isso permite o trabalho sob quaisquer condições de luz.

Outro ponto é escolher logo de cara qual será o propósito do notebook. Se for uma máquina pensada para ficar no mesmo local, podemos priorizar mais configuração e tamanho de tela. Caso seja um notebook pensado para trabalhar em qualquer lugar, seja no escritório ou em uma cafeteria, podemos escolher uma tela um pouco menor e uma construção mais leve. É o caso, por exemplo, de notebooks feito em liga de magnésio.

Teclado mecânico retroluminado em RGB
Produto: A60 MUV
Teclado mecânico retroluminado em RGB
Produto: A60 MUV

| Configuração pensada no código

Outro ponto importante é o foco dos componentes de forma otimizada para programação. Isso significa que uma máquina para desenvolvedores deve oferecer um processador capaz de compilar grandes quantidades de informações. Afinal, já imaginou ter que esperar um tempo considerável para ver se a alteração de uma linha resolveu o problema?

E claro, temos que considerar a quantidade de memória RAM, que deve ser o suficiente para não limitar o processador. Modelos que ofereçam quantidades a partir de 16 GB já são bons candidatos, com 32 GB sendo uma boa opção para o longo prazo. Um bom processador com uma quantidade suficiente de memória RAM necessitam apenas de um SSD com boa capacidade para tornarem-se uma máquina ideal para programadores trabalharem com tranquilidade.

Notebooks com processadores Intel Core de 10ª geração
Notebooks com processadores Intel Core de 10ª geração

Conclusão

Notebooks ideias para programadores focam principalmente em ergonomia, com o teclado sendo um dos principais destaques. A configuração tem sim um papel importante, mas a máquina deve estar preparada para proporcionar conforto por um tempo considerável, permitindo que o programador fique concentrado no que importa: o código. Separamos algumas máquina da Avell que correspondem a esse critério:

C62 LIV

Vem com um processador Intel Core i7-10750H, SSD NVMe de 500 GB por padrão e 16 GB de memória RAM na versão básica. Além disso, vem com uma tela de 17.3 polegadas em uma estrutura com apenas 2.5 kg, garantindo excelente usabilidade em qualquer lugar.

A65 RTX LIV

Também contra com uma excelente configuração logo no modelo de entrada, e se destaca por trazer o teclado mecânico de terceira geração com teclas iluminadas, sendo um companheiro ideal para escrever longas linhas de código sem estressar o pulso.

C65 RTX LIV

Além da configuração de respeito, capaz de lidar com qualquer tipo de emuladores, aqui temos dois diferenciais importantíssimos para programadores: bateria de 7900 mAh, garantindo uma excelente autonomia fora da tomada, e reconhecimento facial. Ou seja: basta ligar o notebook e começar a trabalhar sem ter que se preocupar com senhas.

Cada um dos modelos acima vem com uma configuração diferente, mas características capazes de proporcionar uma produtividade maior para o programador, quando comparados com os notebooks “comuns”. Então não deixe de conferir a página dedicada a modelos para programadores e escolha a melhor opção para você.