Max-Q Design: um desktop dentro de um Ultrabook

Há algum tempo era necessário escolher entre o desempenho de um desktop e a portabilidade de um notebook. O primeiro sempre foi sinônimo de performance, ainda que obrigasse o usuário e usar o PC sempre no mesmo lugar. O segundo oferecia a um bom nível de portabilidade, mas dificilmente oferecia o mesmo poder de fogo similar ao de um destkop. Notebooks voltados para jogos apareceram como uma solução intermediária entre um e outro, não sendo tão potente como um desktop, mas permitindo alguma mobilidade.

O motivo é, naturalmente, limitações térmicas e energéticas. Componentes de alto desempenho consomem uma quantidade considerável de energia elétrica para alcançar clocks maiores, além de oferecer mais núcleos tanto de CPU quanto GPU. Isso implica em uma maior dissipação térmica, exigindo uma solução de refrigeração mais sofisticada. Em desktops isso é relativamente simples de resolver com a adoção de dissipadores maiores e coolers mais potentes (ou mesmo watercoolers), uma solução que não é automática em notebooks.

max-q design

Desktops oferecem espaço o suficiente para acomodar uma solução mais poderosa de refrigeração, mas deixam a portabilidade de lado.

Notebooks gamer exigem mais refrigeração

Esse é um dos principais motivos das dimensões “avantajadas” dos notebooks gamer. Há também uma dose de identidade por parte das empresas, mas o foco está na refrigeração mais avançada (o que implica em coolers mais potentes e dissipadores maiores). Os avanços na série 10 de placas de vídeo da NVIDIA permitiram o incremento de desempenho em notebooks, equiparando-os a alguns desktops, mas as dimensões permaneceram consideravelmente maiores do que a de notebooks convencionais.

max-q design notebook

Notebooks gamer aliaram portabilidade e desempenho, uma receita de sucesso para os usuários gamers.

 

E o Max-Q Design, onde entra?

É aqui que entra o Max-Q Design, conceito que exploramos em detalhes e que você pode conferir no link abaixo:

Contando com uma engenharia superior, técnicas avançadas e um poderoso controle de software, o Max-Q Design permite que um notebook com apenas 18 mm de espessura, caso do Avell Titanium W1570 Lite, traga uma poderosa GTX 1070 por baixo do capô, além de um processador Intel Core i7-7700HQ e 16 GB de memória RAM DDR4. Ou seja, performance típica de desktop com dimensões de um Ultrabook.

Em termos práticos, isso significa que o usuário pode levar o poder de fogo de um desktop de alto desempenho para qualquer lugar sem ter que arcar com um peso muito grande, ou necessitando de uma mochila diferenciada para um modelo gamer. Basta considerar que, há pouco tempo, um laptop gamer típico passava facilmente dos 4 kg, contra apenas 1,9 kg do Avell Titanium W1570 Lite, graças ao Max-Q Design. Isso sem deixar a desejar para qualquer desktop similar, já que a GTX 1070 que equipa esse modelo é exatamente o mesmo chip de um desktop.

max-q design avell

O Max-Q Design permitiu que os notebooks gamers atingissem um novo nível de sofisticação, aproximando-os dos Ultrabooks.

Ou seja, pouco importa se você levará seu notebook para uma Campus Party ou para uma jogada casual no intervalo da faculdade: o peso e as dimensões do Max-Q Design permitem um fácil transporte de um lugar para outro.

Max-Q Design e a realidade virtual

Outro caso de uso interessante é usar um modelo com Max-Q Design para aplicações de realidade virtual. O requisito mínimo é ter uma GTX 1060, tanto em desktops quanto em notebooks, algo que está perfeitamente atendido pelos modelos com Max-Q Design, caso do Avell Titanium W1540 Lite, que tem configuração similar ao Avell Titanium W1570 Lite, mas mais acessível por trazer a GTX 1060.

Atualmente, é possível rodar programas de alta performance e jogos altamente exigentes a aplicações de realidade virtual em uma máquina com dimensões típicas as de um Ultrabook. E isso é uma combinação de inovações acumuladas, dos diferenciais da série 10 ao Max-Q Design, ambas soluções da NVIDIA. Com o passar do tempo, garantimos, esse design superior em equipamentos de alta performance será regra, e os fabricantes mais inovadores já começaram a anunciar seus modelos.