Avell G1750 FOX 9: review Adrenaline

Recentemente o Adrenaline publicou uma avaliação sobre nosso modelo G1750 FOX 9 qualificando-o com o selo Diamante do “Adrenaline Recomenda”. Confira abaixo a review completa publicada pelo canal.

O Avell G1750 Fox 9 é um notebook de alta performance com tela de 17 polegadas, design fino e leve unido a um hardware de altíssimo desempenho, com componentes como o processador Core i9 e placa de vídeo GeForce GTX 1060 6GB. Outros destaques incluem um teclado mecânico de nova geração e o display com frequência de 144Hz e atualização de 9ms.

Principais especificações do modelo:

– 17.3″ IPS FullHD (1920 x 1080p) 144Hz 9ms 72% NTSC LED-Backlit
– Intel Core i9-8950H
– 16GB DDR4 RAM 2400MHz
– Nvidia GeForce GTX 1060 6GB
– 512GB de armazenamento M.2 SSD NVMe
– Dimensões: 39,57 x 26,08 x 2,74 cm
– Peso: 2.35 Kg
– Preço: a partir de R$ 10 mil

Design Fino e leve para um notebook de tela ampla

O Avell G1750 Fox 9 é um notebook surpreendentemente leve e fino para um produto com uma tela de 17,3 polegadas. Suas bordas muito finas em torno da tela resultaram em um produto que tem um porte semelhante ao de muitos produtos de 15,6 polegadas. Mesmo não sendo um modelo super leve, seus 2,35kg são ótimos considerando que temos aqui um notebook de alto desempenho e com tela ampla. Apesar dos 2,7cm de espessura na parte mais espessa, seu corte que vai afinando em direção à ponta da frente faz com que ele pareça bem mais fino do que isso.

Há uma boa quantidade de conexões, com um total de quatro portas USB, sendo uma 2.0, duas 3.0 e uma na traseira no padrão USB Tipo-C. Além de uma HDMI 2.0, também há duas portas mini DisplayPort que serão uma ótima pedida para quem quiser ligar esse modelo em múltiplos monitores.

review avell G1750 fox 9

Há também uma entrada para cartões de memória e uma entrada para cabos de rede tradicionais. Fonte: Adrenaline – UOL

Teclado mecânico de segunda geração: um grande destaque da máquina

No teclado temos um grande destaque do aparelho. Além do touchpad bastante amplo com clique integrado, o notebook conta com um teclado completo no padrão ABNT-2 e com a nova tecnologia de teclas mecânicas. Bem diferente do que vimos no G1550 Fox, a segunda geração é mais silenciosa, mas ainda mantém um feedback bastante perceptível para o pressionamento de teclas, e o sistema retroiluminado RGB pode ter cada uma das teclas configuradas individualmente nas cores e nos padrões de iluminação.

teclado-mecanico-avell-g-1750-fox-9

O teclado mecânico de segunda geração tem excelente feedback e é bem mais silencioso. Fonte: Adrenaline – UOL

Tela FullHD sob medida para o sucesso

A tela é carregada de recursos que farão a alegria dos gamers. A tela com resolução FullHD tem excelentes ângulos de visão com pouca distorção da imagem, boa saturação de cores e contrastes, mas o grande diferencial é sua elevada taxa de atualização, operando em 144Hz e tempo de resposta de 9ms, características muito acima da grande maioria dos modelos do mercado. Para quem pretende jogar games competitivos, esse é um diferencial bastante importante.

Também é relevante destacar que a fonte de energia não é muito grande nem pesada, e levando em conta que a autonomia de um notebook de alto desempenho não é das maiores e que perde desempenho operando na bateria, ter uma fonte que não aumente muito o peso da mochila é importante.

G1750 Fox 9: Modelo compacto e com excelente performance

O G1750 Fox 9 é um notebook com um hardware bastante potente. O chip gráfico GeForce GTX 1060 é uma GPU muito potente e possivelmente uma opção mais interessante que modelos mais potentes, já que falamos de um notebook com porte compacto. Já o processador é um dos modelos mais poderosos do mercado: o Intel Core i9-8950HK, um modelo com seis núcleos, 12 threas, e que se destaca frente aos modelos Core i7 de 8ª geração por seus clocks base e boost mais elevados.

teste avell fox 9

Teste de Adrenaline – UOL no CineBENCH (single core)

Teste de Adrenaline - UOL no CineBENCH (multi)

Teste de Adrenaline – UOL no CineBENCH (multi)

Teste de Adrenaline - UOL no wPrime

Teste de Adrenaline – UOL no wPrime

Teste de Adrenaline - UOL no Adobe Premiere CC

Teste de Adrenaline – UOL no Adobe Premiere CC

Esse modelo tem alguns dos melhores resultados em testes relacionados ao desempenho do processador, o que não chega a ser uma surpresa considerando seu perfil. O G1550 Fox, com um Core i7, conseguiu o topo da tabela em alguns testes, mas é bom destacar que ele coloca as fans em um perfil muito agressivo para manter as temperaturas sob controle, enquanto o mesmo não acontece com o G1750. Interessante notar que mesmo com um perfil mais fino, usar um Core i9 fez o modelo da Avell ficar um pouco acima do G7 da Dell, que possui um projeto muito mais robusto de resfriamento (e é bem mais pesado, também).

Teste em games: Performance para jogar tudo

Teste de Adrenaline - UOL do 3DMark

Teste de Adrenaline – UOL do 3DMark

GTA V

Grand Theft Auto V está entre os maiores sucessos dos últimos anos, trazendo entre seus destaques boa qualidade gráfica. Ele é um dos games que mais faz uso do CPU, sendo um ótimo teste para ver o comportamento e diferença entre esse componente. Confiram abaixo os resultados no game:

Teste de Adrenaline - UOL do GTA V

Teste de Adrenaline – UOL do GTA V

The Division – DX12

O game da Ubisoft é uma proposta bastante ambiciosa de criar uma Nova Iorque “viva” em partidas com multiplayer totalmente online. The Division usa um motor gráfico próprio desenvolvido pela Ubisoft Massive, e precisa lidar com cenários complexos e grandes quantidades de partículas na tela, com destaque para a neve que ocasionalmente cai em alguns momentos. Ele é nosso escolhido para o teste sobre a API DX12.

Teste de Adrenaline - UOL do Tom Clancy's The Division

Teste de Adrenaline – UOL do Tom Clancy’s The Division

Teste de Adrenaline - UOL do Tom Clancy's The Division

Teste de Adrenaline – UOL do Tom Clancy’s The Division

The Witcher 3

The Witcher 3 foi lançado como referência em qualidade gráfica para PC, sendo um dos games mais interessantes da atualidade para medir desempenho de placas de vídeo e processador. Nesse teste temos um cenário diferente do que usamos em análises de placas de vídeo, visando forçar mais o processador. Abaixo os resultados dos sistemas comparados:

Teste de Adrenaline - UOL do The Witcher 3

Teste de Adrenaline – UOL do The Witcher 3

Teste de Adrenaline - UOL do The Witcher 3

Teste de Adrenaline – UOL do The Witcher 3

Assassin´s Creed Odyssey

O game da Ubisoft baseado na tecnologia DirectX 11 é uma referência de software que demanda alto desempenho tanto do chip gráfico quanto do processador resultado do mapa amplo e complexo recriando a região da Grécia Antiga.

Teste de Adrenaline - UOL do Assassin´s Creed Odyssey

Teste de Adrenaline – UOL do Assassin´s Creed Odyssey

Teste de Adrenaline - UOL do Assassin´s Creed Odyssey

Counter Strike: Global Ofensive

Game competitivo é baseado em DirectX 9 e apesar das baixas exigências de performance na parte da placa de vídeo, por se tratar de um eSport, o ideal é alcançar altíssimas taxas de quadros, algo que traz alta carga tanto a CPU quanto GPU.

Teste de Adrenaline - UOL do Counter Strike: Global Ofensive

Teste de Adrenaline – UOL do Counter Strike: Global Ofensive

DOTA 2

Também baseado em DirectX 9, DoTA 2 é um game competitivo que exige alta taxa de quadros, algo que traz uma carga de trabalho difícil de ser lidada especialmente para o processador.

Teste de Adrenaline - UOL do DOTA 2

Teste de Adrenaline – UOL do DOTA 2

Fortnite

Game altamente popular fez sua enorme base de jogadores graças ao multiplayer massivo no estilo Battle Royale, sendo um desafio tanto para a performance do chip gráfico quanto o processador.

Teste de Adrenaline - UOL do Fortnite

Teste de Adrenaline – UOL do Fortnite

Em geral o Avell G1750 Fox 9 entrega a perfomance esperada de uma GeForce GTX 1060: ele roda qualquer game em alta qualidade na resolução FullHD. Algumas franquias muito pesadas podem necessitar que o jogo seja configurado na qualidade alta, mas ainda assim entregarão uma excelente relação entre qualidade gráfica e performance. Games competitivos também poderão rodar em altas taxas de quadros, e é nessas situações que o painel com alta taxa de atualização é bem-vindo.

Gameplay do Adrenaline – UOL com o Avell G1750-fox-9

Aquecimento e ruído

Com um porte compacto e um potente Core i9, a expectativa é descobrir as temperaturas que ele mantém em alto desempenho. O G1750 não escapa “da sina” dos Intel Core em notebooks e bate a casa dos 90ºC em alto desempenho, enquanto o chip gráfico da Nvidia fica em temperaturas de operação bem aceitáveis. O mais relevante, na realidade, é outro aspecto: essas temperaturas são mantidas com as fans operando em uma rotação que não é excessivamente elevada, tornando o nível de ruído desse notebook bastante aceitável, apesar de seu tom um tanto agudo. Apesar de ter um pico de 50 dB em um momento do teste, em geral ele opera na casa dos 44 dB.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE: Rodando wPrime

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE: Rodando wPrime

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE: Rodando 3DMark (Fire Strike)

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE: Rodando 3DMark (Fire Strike)

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE: Rodando Fire Strike

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE: Rodando Fire Strike

Um recurso bem interessante disponível no Avell G1750 Fox 9 é o ajuste da velocidade das fans, possibilitando um perfil mais agressivo para os consumidores que querem clocks mais altos, mesmo que eventualmente isso gere um pouco mais de ruído, ou um perfil silencioso que faz com que seja quase imperceptível ouvir o notebook quando rodando aplicações cotidianas como navegar na web ou rodar vídeos. Porém se colocar um vídeo para renderizar ou outra atividade do tipo, não tem jeito: as fans vão acelerar para manter o processador em alta performance.

Autonomia fora da tomada

Quando o assunto é ficar longe da bateria, praticamente todos os notebooks gamers passam vergonha. Com chips de alto desempenho e telas amplas, eles tem sérias dificuldades em ficar muito tempo ativos só na bateria. o G1750 Fox 9, que além de um Core i9 e uma GTX 1060 ainda por cima tem uma tela ampla de 17 polegadas que não ajuda em nada nesse aspecto, até que não se saiu mal.

Fonte: Adrenaline - UOL

Fonte: Adrenaline – UOL

Nós conseguimos uma duração de bateria de 2h15min no modo home do benchmark do PCMark 8, um teste que abre páginas web, roda alguns vídeos e roda eventualmente algumas renderizações em 3D. Dá para conseguir extrair mais tempo fora da energia se você pegar ainda mais leve no uso, mas igualmente não é bom esperar por longos períodos de autonomia nesse ou em outros modelos gamers.

Avaliação geral do Adrenaline - UOL

Avaliação geral do Adrenaline – UOL

Conclusão

Esse produto tem suas fragilidades, como o alto preço, a performance que não bate outros modelos com custo inferior, etc. Mas a verdade é que, testando notebooks, nunca é possível “ter tudo”. E o equilíbrio encontrado nesse produto está entre os favoritos.

Portabilidade e performance disputam espaço, e não tem como conseguir mais de um sem o detrimento do outro. O Avell G1750 Fox é o melhor produto que tivemos contato em tempos recentes quando o assunto é balancear essa difícil equação. O G1550 Fox que testamos recentemente também tentou isso, mas o preço pela portabilidade e a alta performance foi pago em uma fan que precisa operar de forma extremamente agressiva para manter as temperaturas sob controle. Esse problema não está aqui.

Fonte: Adrenaline - UOL

Fonte: Adrenaline – UOL

O G1750 Fox 9 é um excelente produto. Tem uma tela com altíssima taxa de atualização, um design fino e leve considerando sua ampla tela e hardware potente, um sistema de fans que dá conta do recado e consegue ser silencioso ou mais agressivo, dependendo do ajuste, um teclado mecânico com um excelente feedback, retroiluminação customizável e uma performance de processador que torna ele uma potencial workstation para render 3D ou de vídeos, situação em que aí ele fica mesmo um pouco mais barulhento para entregar performance, mas que não chega a ser exagerado.

O Avell G1750 FOX 9 é um excelente notebook premium para quem quer alta performance e portabilidade – Diego Kerber, Adrenaline – UOL

Seu custo elevado torna difícil recomendar esse produto para todos os consumidores, porém se seu orçamento é confortável ao nível de poder comprar um notebook “super premium”, e você está buscando um notebook de alto desempenho, tela ampla e dentro do possível portátil, o Avell G1750 Fox 9 é atualmente o melhor produto que testamos até o momento.

Fonte: Matéria publicada por Adrenaline – UOL.